domingo, 26 de agosto de 2012

4-0: um Lucho!!!


 

Boa vitória do nosso FCP ontem no Dragão.
Sem querer fazer o papel do Filipe na análise ao jogo, gostava de deixar os meus highlights:
- Uma muito boa entrada em jogo, das melhores que já vi a este Porto de VP
- Um meio campo pressionante e dinâmico que quase nunca deixou jogar e jogou quase sempre como deve ser (sim, há vida para além de James...)
- Uma excelente exibição de Lucho, para além dos 2 golos. Muito bom.
- Jogar com laterais em condições é isto: jogam e fazem jogar. Desculpa Miguel Lopes, mas estes são os dois laterais do Porto.
- Entrada na 2ª parte à Porto de VP, ou seja, adormecidos. O golo de Hulk acabou com o jogo numa altura em que o Vitória começava a acreditar... e com a sesta que os jogadores do Porto pareciam querer fazer.
- Moutinho dos menos bons do Porto. Estranho...
- Jackson: gostei de ver, embora acho que ainda está às vezes desligado da equipa. Ou como diz o Freitas Lobo, a equipa ainda não aprendeu a jogar com ele. Um penálti "à Panenka", o rapaz tem-nos no sítio. Além disso bem marcado.

Em resumo: uma boa vitória, sólida e entretida. Não foi o jogo perfeito como disse VP, mas pela primeira vez em alguns meses, gostei de ver.

2 comentários:

  1. Bom dia,

    O FC Porto presenteou os seus adeptos com uma exibição consistente, com domínio e controlo absoluto de um adversário impotente para travar a avalanche ofensiva, sob o comando de Lucho, com a classe de Hulk e a magia de Atsu.
    Foram só quatro, mas o Vitória arriscou-se a ser humilhado no Dragão.
    Desde de VP sentou o "cú no mocho", esta foi a melhor exibição da nossa equipa, e porquê?
    Dinâmica, Domínio e Lucho ... e colocou as peças no lugar certo!
    O nosso miolo foi dinâmico, ao contrário do jogo em Barcelos, fizemos circular a bola ao invés de correr com ela.
    Tivemos dois verdadeiros laterais de qualidade, que subiram no corredor, que criaram desequilíbrios. As constantes trocas de posição entre os médios e os extremos, com os laterais em apoio, é a dinâmica que nós portistas ansiávamos à muito.
    Atsu aqui e ali criou lances mágicos, deixando o capitão vimaranense envergonhado perante tal afronta. Atsu é o verdadeiro extremo do plantel. Ao contrário dos seus colegas de sector, não finta e foge para dentro, finta em progressão deixando o lateral adversário como uma barata tonta, pois nas suas costas aparecia Alex Sandro a explorar aquele espaço deixado pelo jovem ganês.
    É no espaço entre o lateral e o central que se criam mais desequilíbrios numa defensiva contrária.
    Uma palavra para Hulk que nos últimos dias tem visto o seu nome nos jornais, mas que tem grande tolinha e demonstrou mais uma vez ser um grande profissional.
    Hulk a sair do nosso Porto merece um clube e um campeonato compatível com a sua qualidade.
    Os adeptos nas bancadas mereceram esta boa exibição.
    Esperámos pois que a equipa agora não caia na bipolaridade patenteada na época passada.
    Temos um excelente plantel, e temos tudo para ser tri campeões, para tal basta humildade e Ser Porto dentro e fora do campo.
    James teve uma pequena lição, ficou no banco e viu Atsu a dizer presente. Não se pode querer o céu rápido demais.
    Faltam poucos dias para o fecho de mercado e para a definição do plantel.
    Iturbe parece ser carta fora do baralho, após mais uma semana de twi"tanso". Nem com o "tutor" Lucho, o jovem argentino aprendeu o que a casa gasta, por conseguinte será salutar o seu empréstimo para que desça à terra.

    Bom domingo.
    Abraço

    Paulo

    pronunciadodragao.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Estou em Marrocos (Marrocos mesmo), nao vi o jogo. Podem analisar à vontade :) Aqui em Marrocos encontrei dois dragoes, depois mostro fotos. Abraços

    ResponderEliminar