terça-feira, 4 de setembro de 2012

Hulk


Vindo de uma divisão secundária do Japão, Hulk chega ao Porto como um verdadeiro desconhecido. Tinha passado por cá ainda novinho dandos uns chutos no Vilanovense. Quando assinou pelo Porto três coisinhas fizeram os adeptos azuis salivar: o nome, o cabedal e o youtube. Jesualdo Ferreira disse uma coisa muito acertada na altura, que não interessa em que divisão se joga quando se marca o tipo de golos que o brasileiro marca. E provou-se.
Não entrou de caras na equipa, não era fácil na altura, mas notou-se logo de início o potencial enorme que Hulk tinha. Ficou claro desde bem cedo que toda aquela força era uma arma de valor inestimável para as competições nacionais.
Em quatro épocas no Porto e uns pózinhos este ano, Hulk venceu 3 ligas (ficando esta em suspenso, já que jogou os primeiros jogos e fez 2 golos já), 3 taças, 3 super-taças, 1 Liga Europa e marcou 54 golos em 99 jogos. Foi sem qualquer dúvida dos jogadores mais entusiasmantes de sempre a jogar em Portugal e dos mais desiquilibradores. De notar que desde 2009 que sendo Hulk titular no Porto para a Liga o Porto nunca perdeu! Melhor jogador do campeonato por duas ocasiões e detém o record de mais vezes considerado jogador do mês.
Sai dos Dragões na maior transferência do futebol nacional de sempre, numa altura em que já não se pensava ser possível, num negócio de 60 Milhões de euros.

Dito tudo isto, é de novo com pena que vejo um belíssimo jogador sair para um clube de segundo plano europeu. Aconteceu com muitos, Lisandro, Falcao e outros, sendo que o último ainda "escolheu" uma liga que lhe permite uma visibilidade grande. Mas não deixa de ser estranho olhar para certas contratações dos "grandes europeus" e ver jogadores deste calibre escaparem para os dinheiros russos, ucranianos ou outros. Hulk desportivamente não ganha nada com a mudança. sim ganha muito dinheiro, muitíssimo, mas a verdade é que já ganhava muito bem e ficar no Porto sempre lhe daria um pouco mais de visibilidade e estabilidade. Claro que nem se comparam os salários em causa, mas choca-me um pouco a falta de ambição de certos jogadores. Reformar-se com 4 ou 5 milhões é diferente de se reformar com 20 ou 30, mas não será assim tão diferente, ainda para mais quando ainda se pode ter a possibilidade de vir a ganhar esses milhões maiores num clube grande.
Que futuro pode esperar Hulk no Zenit? Poderá ter um percurso parecido com o que teve no Porto concedo, mas estamos a falar da Rússia. E mais? O Zenit deu 60M ontem, alguém dará 70 ou 80 ou 90 daqui a um ano ou dois? Duvido mas nunca se sabe.
Desejo-lhe tudo de bom, fico com pena, o Porto fica mais pobre e o campeonato ainda mais, mas o futebol é cada vez mais isto.
Valha-nos o youtube para recordar.

5 comentários:

  1. Bom dia,

    A vinda e saída do Incrível tem tudo o que de incrível se possa pensar ... bem como o caminho que percorreu até ao sucesso ... Hulk cumpriu um sonho de menino, é que no Estádio do Dragão, em 2001 (ainda alinhava no Vilanovense), o Incrível já vibrava com o nosso Porto e vaticinava "a toda a gente que um dia ainda ia jogar no FC Porto".
    Grande profissional, após o fecho do mercado dos principais campeonatos, sempre se pautou pelo respeito pelo nosso clube e adeptos. Pela sua modéstia, fairplay e história até ao sucesso, é um exemplo para todos os jovens que ambicionam singrar no futebol. Resta-nos agradecer a Hulk tudo o que o Incrível deu ao nosso clube, desejar-lhe as maiores felicidades, pois merece. Hulk encarnava o SER PORTO e envergou a braçadeira de capitão com devido merecimento.

    Abraço

    Paulo

    http://pronunciadodragao.blogspot.pt/2012/09/obrigado-incrivel-hulk.html

    ResponderEliminar
  2. Isso tudo mas só mais ao menos...

    ResponderEliminar
  3. Também vou ter saudades do Hulk, mas não me parece que ir para o Zenit seja necessariamente falta de ambição.

    Nós olhamos para a Rússia como um terceiro mundo do futebol - mas aquilo não é a Albânia: é um país de 140 milhões de pessoas. E com tradições no futebol. Que ainda por cima está cheio de dinheiro do petróleo.

    Indo para o Chelsea ou para o Inter ou para o Real Madrid, o Hulk seria só mais uma estrela - indo para o Zenit, pode ser o herói que ganha a primeira Champions do clube (e parece-me inevitável que, nos próximos dez ou quinze anos, uma equipa russa ganhe a Champions).

    Ou seja: o Zenit, neste momento, não é tão "grande" na Europa como o FCP. Mas tem mais potencial para ser um dos gigantes europeus que, por exemplo, o Atlético de Madrid.

    Tendo dito isto tudo, queria na mesma que o Givanildo ficasse...

    ResponderEliminar
  4. Podemos dar as voltas que quisermos, desportivamente foi falta de ambição, o Zenit podera crescer, eventualmente até ganhar uma competiçao europeia num ano proximo mas nunca sera um grande campeonato e o mais provavel é ser apenas um paraiso economico para os joagdores. Hulk num grande europeu seria "apenas" masi uma estrela, mas isso é que é ter ambição, jogar no meio delas, com e contra elas. O resto é querer dinheiro... nada contra, prioridades de cada um. Hulk ganhava muito bem no Porto, escolheu ir ganhar muitissimo mais, mas isso foi o unico upgrade que teve, de resto fica a perder.

    ResponderEliminar
  5. a conquista do tricampeonato vai dar muita luta - e não me refiro aos jogos jogados dentro das quatro linhas.

    tudo o que é "adversário" (ao bom estilo de rato de esgoto) vai começar a sair da toca para defender «gloriosos» interesses nacionais.

    é bom que a massa adepta portista esteja unida e fale a uma só voz na defesa intransigente dos interesses do nosso clube d coração (o que não significa que sejamos como os carneirinhos da segunda Circular, sem massa encefálica e voz crítica positiva).
    tempos muito difíceis e exigentes se aproximam!

    (palavras escritas a propósito do "castigo" ao Jorge JeBus)

    somos Porto!, car@go!
    «este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

    saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todas(os) vós! ;)
    Miguel | Tomo II

    ResponderEliminar